quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Minha Felicidade





da minha felicidade
só eu que sei
dos tempos da amarelinha
da roda de bicicleta
das corridas pelo trilho
dos mergulhos pelo mar

da minha felicidade
só eu que sei
do vestido amarelo
bordado pela mão
dos bailes com o chico
do menino e do vadio

da minha felicidade
só eu que sei
da viagem até a serra
do frio da madrugada
dos filhos sempre benvindos
de todos eles crescidos

da minha felicidade
só eu que sei
dos frutos dos meus queridos
dos quadros com sentimento
dos poemas em agonia
das noites sempre acordada

da minha felicidade só eu que sei!

Nenhum comentário:

Postar um comentário